BALANÇA COMERCIAL DE PIRACICABA TEM SUPERÁVIT DE 10,4 MILHÕES DE DÓLARES EM 2017

Piracicaba exportou nos primeiros cinco meses deste ano US$ 646,61 milhões em produtos

A Balança Comercial de Piracicaba apresentou um superávit (exportações maiores que importações) de U$S 10,4 milhões, em torno de R$ 34,4 milhões, nos primeiros cinco meses de 2017, segundo levantamento obtido pela Polo Pesquisas junto ao Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC).


Os números fazem parte do projeto Poloplan, lançado recentemente pela empresa de pesquisas piracicabana, e que reúne as principais informações estatísticas dos municípios paulistas, incluindo dados sobre condições de vida, finanças públicas, saúde, educação, trabalho, economia e entre outros.


De acordo com os dados do MDIC, as exportações somaram entre janeiro e maio deste ano um total de US$ 646,61 milhões e as importações US$ 636,17 milhões. O mês de maio foi o principal responsável pelo maior saldo deste período. Foram arrecadados US$ 162,40 milhões em produtos exportados e investidos US$ 107,80 milhões em importados, um superávit de US$ 54,6 milhões.


Segundo o empresário Paulo Ricardo Gomes, diretor de Planejamento da Polo Pesquisas, os resultados são ainda mais animadores se comparados ao mesmo período de 2016. Nos primeiros cinco meses do ano passado, a balança comercial de Piracicaba registrou um déficit (importações maiores que exportações), de US$ 6,032 milhões.


“Fechamos o ano de 2016, período muito difícil para a economia brasileira, com um déficit de US$ 198,78 milhões e este ano já estamos apresentando sinais significativos de melhora na economia, mesmo diante das fortes oscilações políticas que o país enfrenta”, analisou o pesquisador.


Para ele, caso Piracicaba consiga continuar mantendo a média no volume das exportações deverá encerrar o ano de 2017 perto de US$ 1,6 bilhão em produtos exportados contra US$ 1,5 bilhão em importados. “Não acredito que possamos chegar a US$ 100 milhões de superávit, mas não devemos ficar muito longe disso”.


O empresário lembra que o último superávit registrado pela balança comercial piracicabana ocorreu em 2012. “Naquele ano, tivemos um superávit de US$ 365 milhões. Nos anos seguintes, no entanto, importamos muito mais do que exportamos e chegamos a registrar um déficit de US$ 386,9 milhões em 2014”, declarou ele.


O superávit da balança comercial piracicabana vem acompanhado os resultados da balança comercial brasileira, que registrou em maio deste ano um superávit de US$ 7,66 bilhões, o maior para um único mês desde o início da série histórica do MDIC, em 1989, ou seja, o maior superávit mensal em 29 anos.

#balançacomercial #superávit #piracicaba

Posts Em Destaque
Posts Recentes